Faça sua reserva on-line com a garantia da melhor tarifa!
Hotel à Bac Saint Germain
Hotel à Bac Saint Germain
Hotel à Bac Saint Germain
Ou contacte-nos directamente por telefone Tel Hotel à Bac Saint Germain0142222003     |     Correio eletrônico Hotel à Bac Saint GermainCorreio eletrônico

No coração de um fantástico palácio do 7º distrito

Museu Maillol

O museu Maillol, a apenas 2 minutos a pé do Hotel Bac St-Germain, convida a descobrir o universo do escultor Aristide Maillol (1861-1944) em um fantástico palácio situado na Rue de Grenelle, no coração do 7º distrito.

O museu, inaugurado em janeiro de 1995, é a realização da vida de Dina Vierny, que o escultor conheceu quando ela tinha 15 anos e que foi sua modelo e sua musa, a pessoa que ele necessitava para expressar a beleza do corpo. Dina Vierny também posou para Matisse, Bonnard e Dufy. Em 1964, ela doou ao Estado esculturas de Maillol que foram instaladas ao ar livre no Jardim das Tulherias, em frente ao Louvre. Dina então criou sua fundação e, durante 30 anos, dedicou toda sua energia a ela.

Reformado em 2015, o museu Maillol reabriu suas portas em setembro de 2016. O espaço conta atualmente com uma superfície de 4.250 m². Com a intenção de dar maior coerência à visita ao museu, a apresentação da coleção permanente das obras de Aristide Maillol foi repensada. Ela ocupa agora o 2º andar, embora os espaços de circulação do térreo e do 1º andar também estejam marcados por estátuas em tamanho natural do escultor. O percurso, ao mesmo tempo cronológico e temático, está distribuído em várias salas: as primeiras pinturas e madeiras esculpidas (1880-1900), a tapeçaria (1895-1900), as estatuetas de bronze, terracota e gesso, as esculturas emblemáticas em tamanho natural, o gabinete de pequenos desenhos e, finalmente, um espaço duplo de obras dos anos 1930-1940, com as últimas pinturas em um lado e, no outro, os desenhos em grande formato.

O museu Maillol oferece, além da coleção permanente, exposições temporárias de arte contemporânea. Ele abre todos os dias, das 10h30 às 18h30, e até as 21h30 nas sextas, em época de exposição.

Ambiente, luz, personalidade...

Museu d'Orsay

Nas margens do Sena

Legado prodigioso da Exposição Universal de 1900, o museu d'Orsay, que também foi uma estação de trem, é conhecido em todo o mundo por sua rica coleção de arte impressionista, assim como pelo conjunto das artes do período entre 1848 e 1914.
Situado na margem esquerda do Sena, ele oferece vários eventos: sessões de cinema, debates, conferências, visitas...

A grande estrela dos museus parisienses

Museu do Louvre

História com H maiúsculo

Entrar no museu mais visitado do mundo significa fazer uma grande viagem no tempo, não apenas pelas obras expostas, que vão da Antiguidade até o impressionismo, mas também pelo próprio palácio em si e seus 800 anos de história, do castelo feudal construído por Felipe Augusto às arquiteturas contemporâneas de Pei.